A Paraíba o tempo todo  |

Ronaldinho descarta possibilidade de disputa em 2014

Com possível postulação de Cássio, Ronaldinho muda discurso, descarta disputa em 2014 e elege prioridades 

O vice-prefeito de Campina Grande Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB) não pretende se candidatar a nenhum outro cargo no pleito de 2014.Em entrevista concedida em Campina Grande nesta quinta-feira (26), Ronaldo Filho afastou qualquer possibilidade de disputar as eleições do próximo ano, como tem defendido algumas lideranças ligadas politicamente ao senador Cássio Cunha Lima.

Segundo Ronaldo Filho, seu único objetivo no momento é continuar auxiliando o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) em suas funções.
– Quero ser um colaborador do sucesso da gestão do prefeito Romero. Já temos muito o que comemorar, como o hospital Pedro I e o alargamento da avenida Canal. Sou candidato a receber de Campina, junto com Romero, os aplausos da cidade – e as críticas também, quando forem cabíveis. Sou um colaborador, e assim me porto, como vice que sou – declarou.

A declaração de Ronaldinho representa uma mudança de seu discurso. Mesmo assegurando que sua prioridade no momento é a pauta administrativa, o vice-prefeito de Campina Grande, afirmou recentemente estar disposto a encarar uma possível candidatura a vice-governador na chapa que deve ser encabeçada por Ricardo Coutinho (PSB) em 2014.

Na ocasião, o tucano revelou, no entanto, que a decisão não deve ser tomada individualmente e sim compartilhada com todos os integrantes do partido e, principalmente, com os paraibanos.

“Ninguém escolhe ser vice, não é uma decisão pessoal e nem individual. Isso não é uma escolha que me cabe, mas na condição de filiado do PSDB eu estarei disposto a qualquer coisa desde que seja o desejo do povo da Paraíba. Estou pronto para enfrentar, não gosto de brigas mas gosto de lutas. Serei soldado de qualquer missão que me for delegada”, afirmou Ronaldinho na entrevista anterior.

Com a possibilidade do senador Cássio Cunha Lima disputar o governo do Estado em 2014, Ronaldinho mudou o discurso, e descartou a possibilidade de encarar as urnas.

PBAgora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe