Apesar de não trabalhar em cima da tese do possível rompimento político entre PSB e PSDB na disputa pela sucessão estadual em 2014, o vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia (PSB) prometeu que não irá ficar ‘em cima do muro’ caso essa possibilidade vire realidade. Gouveia, no entanto, preferiu não antecipar qual seria sua decisão, se pró Cássio (PSDB) ou pró Ricardo Coutinho (PSB), mas emitirá um posicionamento caso seja necessário.

“Se eles romperem eu vou tomar uma posição, mas eu não alimento esse tipo de coisa, eu não trabalho com esse cenário de rompimento, não vou ficar em cima do muro e minha decisão será em conjunto com um partido, até porque eu não falo sozinho, o PSB tem deputados, prefeitos, vereadores e representação em 221 municípios da Paraíba, nós vamos ter que ouvir o partido, eu não vou pensar só em mim”, disse.

Rômulo, que é pré-candidato ao Senado Federal, garantiu que a Paraíba não irá se decepcionar com ele e que seu posicionamento seguirá o fluxo da maioria da legenda. “A Paraíba não vai se decepcionar, até porque não sou oportunista, vou tomar uma decisão em conjunto, não vou pensar em mim, mas sim no melhor para o PSD”, falou.

O vice governador asseverou, todavia, que o PSD continua defendendo a manutenção da aliança PSB/PSDB para 2014.

“Estamos trabalhando com a manutenção dessa dobradinha que deu certo em 2010 e eu trabalho em cima dessa aliança, até porque por onde eu ando as pessoas me perguntam se Cássio é candidato, todo mundo pergunta, mas eu defendo a manutenção da dobradinha e o próprio Cássio tem me dito que não é candidato”, destacou.

GOVERNO X OPOSIÇÃO

Rômulo ainda condenou o ‘pula pula’ de orientação política de alguns militantes partidários que são eleitos pela oposição e migram para a situação.
“Você tem que ser governo quando ganha e oposição quando perde e ser governo tem o ônus e tem o bônus, governar é contrariar interesses, contrariar aliados, eu estou governo porque fui eleito, mas cada um toma a decisão que quiser, eu to dizendo que eu não me sinto bem em sendo oposição e virar Governo, quem fez isso beleza, é bem vindo, mas eu não faria”, avaliou.  

As declarações de Rômulo Gouveia foram veiculadas em entrevista ao programa Correio Debate, na 98 FM.

Márcia Dias


PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Idosa morre após ser baleada por acidente no Sertão da Paraíba

No início da manhã desta segunda-feira (20), uma idosa de 67 anos morreu após ser atingida por um tiro acidental com a arma do companheiro, no Sertão da Paraíba. Segundo…

Luppi: em caso de tratativa para filiação de Azevêdo, diálogo deverá ser feito por Lígia

Durante entrevista a uma emissora de rádio paraibana na tarde desta segunda-feira (20), o presidente nacional do PDT, Carlos Luppi negou convite para o governador da Paraíba, João Azevêdo (sem…