O vice-governador eleito Rômulo Gouveia e o prefeito de João Pessoa Luciano Agra visitaram na tarde desta quarta-feira 24 o gabinete do senador Roberto Cavalcanti, em Brasília, no último dia de apresentação das emendas ao Orçamento da União 2011.

O parlamentar revelou que recebeu algumas sugestões de emendas para contemplar a Capital e demais regiões do Estado.

“O objetivo da visita foi justamente viabilizar algumas emendas, complementando as sugestões que já haviam sido expostas pelo governador eleito Ricardo Coutinho na semana passada, em reunião com os integrantes da bancada paraibana”, revelou Cavalcanti.

Na audiência também estiveram presentes o deputado federal eleito Romero Rodrigues e o senador eleito Vital Filho.

PIB

O senador Roberto Cavalcanti (PRB) registrou nesta quarta, no plenário do Senado Federal, o crescimento do Produto Interno Bruto e o aumento da distribuição de renda na Paraíba, atestados por pesquisas do IBGE.

“Ao ultrapassar o Rio Grande do Norte, a Paraíba já representa o quinto maior PIB regional, tendo obtido, no ano de 2008, o terceiro maior índice de crescimento do Nordeste, de 5,5%”, informou o parlamentar.

“O crescimento da renda tem-se mostrado constante e vigoroso na Paraíba, onde também se verifica a diminuição da concentração de renda”, acrescentou Cavalcanti, citando dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apontado que o Estado teve a quarta maior redução na taxa de desigualdade social no Nordeste – 6,5% entre os anos de 1996 e 2007.

“Esperamos que esse processo se consolide na Paraíba, que ainda apresenta a segunda pior distribuição de renda do País, e a sexta colocação entre os Estados brasileiros com mais cidadãos vivendo na miséria, vergonha que esperamos ver erradicada no curso dos próximos anos”, observou o senador.

Para Cavalcanti, o crescimento do PIB e da renda ocorrem em função do “feliz binômio crescimento-distribuição”, tendo o setor de serviços como um dos maiores contribuintes para a melhoria dos indicadores econômicos e sociais.

“O PIB paraibano soma quase 26 bilhões de reais, em nossos dias, sendo que 72,4% desse valor resultam do setor de serviços”, confirmou.

Desafios

O senador alertou, porém, para a necessidade de solucionar "sérios gargalos de infraestrutura". Segundo ele, são necessários investimentos em estradas, aeroportos, transportes ferroviários de cargas e passageiros e nos portos.

Ele ainda defendeu investimentos na formação científica e humanística dos jovens e na disseminação de saberes no ensino tecnológico para qualificar o Brasil no cenário econômico internacional.

 

 Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

DEM anuncia Cap. Antônio como pré-candidato em Bayeux

Em evento partidário realizado nesta sábado (14), o Democratas anunciou o nome do policial militar Capitão Antônio como pré-candidato à prefeitura de Bayeux. O evento realizado no bairro do Jardim…

Opinião: em baixa, Cartaxo acende vela para RC e João na tentativa de continuar “vivo” na política

A história é cíclica ou retilínea? Isto é: ela está imersa na concepção que o ser humano pode agir de forma afetiva para “reproduzir” ações do passado, ou tudo foge…