Por pbagora.com.br

O ano de 2018 ainda está um pouco distante, mas em relação as articulações políticas, o tempo urge e já é tema de discussões e encontros políticos na Paraíba. Ontem, quarta-feira (28) um encontro do PMDB teve a participação de membros do PSDB e PSD, em um restaurante da Capital e o assunto era 2018. 

O presidente estadual do PSD, Rômulo Gouveia, comentou nesta quinta-feira (29) que a participação de parlamentares do PSD e PSDB na confraternização do PMDB em João Pessoa teve o intuito de ratificar a aliança firmada em 2016 para 2018.

O presidente garantiu que o PSD vai disputar a majoritária em 2018, mas ainda não se sabe em que posição, porém chegou a citar Lucélio Cartaxo que já foi especulado para disputar uma vaga federal. Especula-se também o nome do prefeito para a disputa pelo governo do Estado.

No momento, a manutenção da aliança entre estas siglas é o que mais se cogita, apesar das articulações e nomes que podem figurar nas chapas majoritárias, no entanto, o saldo desse encontro pode ter sido muito mais forte do que repetir esse discurso. Várias rugas podem ter sido fortalecidas e descontentamento de uma parcela do PMDB que condena essa aliança com o PSDB, como o deputado federal Veneziano Vital do Rego e o senador raimundo Lira.

Rômulo, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD); o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e seu filho o deputado federal, Pedro Cunha Lima (PSDB), além de outras lideranças estiveram presentes no encontro.

 

Redação

Notícias relacionadas

Bruno defende volta de Cássio à cena política: “Tem importância e grandeza”

Bruno Cunha Lima (PSD), prefeito de Campina Grande, defendeu, durante entrevista nesta quinta-feira (13), que o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) seja candidato nas eleições do ano seguinte. Ele cogita,…

Frente formada por PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL não faz oposição a João Azevêdo

A frente formada pelos partidos PSB, PV, PCdoB, PT e PSOL, que se uniram contra o facismo e a favor da população para as eleições de 2022 não tem o…