Rômulo Gouveia esquece discurso ‘camarada’, parte para o confronto e defende saída de Cícero da presidência do PSDB para que Cássio assuma

Sem qualquer constrangimento, o vice-governador eleito Romulo Gouveia (PSDB) não mediu palavras para condenar a permanência de Cícero à frente do PSDB, em entrevista nesta sexta-feira (05). Para o ainda deputado federal, é indispensável que haja mudanças na condução da legenda e que essas irremediavelmente coloquem Cássio na liderança do tucanato da Paraíba.

Preocupado com o racha visível no grupo, Rômulo afirmou que não há no partido nome melhor que o do ex-governador para ocupar o posto de presidente, tendo em vista que conseguiu ser eleito senador inclusive com o voto dos dissidentes.

“Considero o nome de Cássio como aquele que unifica. Por tudo isso ele merece ocupar o cargo”, destacou.

No momento em que avaliava a gestão de Cícero à frente do PSDB, Rômulo deixou claro que para ele não há mais razão do senador continuar como presidente do partido.

“Cícero já cumpriu seu papel e sua missão. É importante que haja alternância no comando. No país inteiro o PSDB é comandado por diretórios provisórios nos Estados. Aqui na Paraíba é importante que saibamos o momento de mudar para aglutinar”, enfatizou.

 

Luis Alberto Guedes

PB agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jackson critica Daniella por contratação de prima por R$ 23 mil no Senado

Usando suas redes sociais o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, Jackson Macedo, comentou recente matéria da coluna do jornalista Lauro Jardim, no portal O Globo, que trouxe…

Para Romero, Julian foi induzido ao erro ao fazer críticas à gestão de CG

O prefeito Romero Rodrigues, que até a tarde desta quarta-feira, 21, cumpria agenda em Brasília (DF), disse ter recebido com surpresa a postagem feita pelo deputado federal Julian Lemos (PSL)…