O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, voltou a admitir, de forma clara, a possibilidade de deixar o do Partido Social da Democracia Brasileira (PSDB) para se filiar a um partido aliado da presidente Dilma Rousseff (PT).

Em entrevista a Rádio Correio FM, Romero deixou claro que a possível saída do ninho tucano, não está descartada. A tendência é que ele se filie ao PSD do deputado federal Rômulo Gouveia.

– Compreendemos a pressão nacional e vamos esperar o desfecho desses fatos. Vejo a mudança de partido como ir para o centro desse conjunto de coligações, o PSDB está em um polo extremo ao PT – declarou.

Romero confirmou ainda que o ministro Gilberto Kassab vem ao município cumprir agenda administrativa, e em reunião eles discutirão projetos novos e em andamento.
Essa semana, o presidente do partido Rômulo Gouveia, ratificou o convite feito por Kassab para Romero integrar os quadros do PSD.

 

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hervázio: “Aliados estão ‘inquietos’ e querem um desfecho da crise do PSB”

Ainda sobre a crise deflagrada dentro do Partido Socialista Brasileiro na Paraíba que colocou em lados opostos o governador João Azevedo e o ex governador Ricardo Coutinho, o deputado estadual…

Análise: clã Cunha Lima inicia “ensaio” para voltar ao Governo da PB com Pedro

O protagonismo político do clã Cunha Lima na Paraíba foi, de certa forma, sepultado com a amarga derrota do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que, no pleito de 2018, em…