Romero Rodrigues acusa Cícero de utilizar presidência do PSDB para favorecer Ruy Carneiro; deputado diz que recebeu quatro vezes menos

Quando tudo parece caminhar para uma calmaria no tumultuado ninho tucano da Paraíba, mais um conflito surge. Desta vez a queixa se refere ao favorecimento financeiro apenas dos mais próximos do presidente estadual da legenda, do senador Cícero Lucena. Quem denuncia o desequilíbrio no apoio é um membro do alto escalão da legenda, o deputado federal eleito Romero Rodrigues.

Em sua denúncia, Romero escancara um esquema articulado exclusivamente para dar maior suporte ao também candidato a deputado federal, Ruy Carneiro, publicamente reconhecido como o candidato de preferência do presidente Cícero Lucena.

Sem o menor constrangimento, Romero confessa que recebeu do partido para sua campanha apenas R$ 30 mil, enquanto seu correligionário, disputando a mesma vaga, recebeu estrondosos R$ 110 mil.
 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Enxergam um herói, eu vejo um golpista”, diz Jackson sobre Mandetta

Enquanto as pesquisas apontam que a população brasileira aprova o trabalho do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta a frente do combate à pandemia do coronavírus, o presidente estadual do…

Governador destina R$ 16,1 milhões para ações contra o Coronavírus, na PB

Um decreto publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (8) disciplina a destinação de R$ 16,1 milhões do Estado para o enfrentamento do novo Coronavírus. O documento destina, por…