Por pbagora.com.br

 O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, representou todos os
prefeitos paraibanos em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira,
20, na Pirâmide do Parque, onde o governador Ricardo Coutinho fez a entrega
de duas máquinas perfuratrizes e dois caminhões de apoio, destinados à
perfuração de poços tubulares nas regiões mais atingidas pela estiagem no
Estado da Paraíba, a exemplo de áreas como o Cariri e o Curimataú.

A ação, que conta com o apoio do governo federal, é desenvolvida dentro do
Programa de Convivência com a Seca. Os equipamentos entregues hoje
representam um investimento de R$ 5,2 milhões, mas, em novembro, um novo
comboio chegará ao Estado, com investimento previsto de R$ 5,3 milhões. Com
isso, haverá a perfuração mensal de quase cem poços na Paraíba, com
profundidade média de 250 metros.

Além do prefeito, outras autoridades municipais compareceram à solenidade,
entre elas o vice-prefeito Ronaldo Cunha Lima Filho, secretários municipais
e vereadores. Já o governador contou em sua comitiva com o vice-governador
Rômulo Gouveia, o presidente da CDRM, Marcelo Falcão, e secretários
estaduais. O representante do governo federal foi o professor José Luiz de
Souza.

Após fazer a entrega das chaves de um dos novos caminhões destinados à
Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais – CDRM, o prefeito fez um
discurso no qual elogiou a atuação do governo estadual em desenvolver ações
visando dar sustentabilidade hídrica a todas as regiões do Estado,
lembrando, logo em seguida, que o governo municipal também tem feito
investimentos nesta atividade, concretizando a compra de retroescavadeiras
e de até carros-pipa.

Além do prefeito, fizeram pronunciamentos o vice-governador Rômulo Gouveia
e o governador Ricardo Coutinho, que destacaram o empenho de Romero
Rodrigues em firmar parcerias com o governo estadual. Também destacaram a
ação do Estado em prol de Campina Grande, pois a cidade ganhará nova sede
de órgãos como o IPC, reforma do CAIC e construção de um centro de formação
de professores.

 

Ascom

Notícias relacionadas

VÍDEO: ”A Prefeitura de João Pessoa vive um apagão administrativo. Cadê o prefeito?”, diz Ruy

Após a secretaria de saúde de João Pessoa afirmar que suspendeu a vacinação contra a COVID-19 na capital por falta das doses do imunizante e as constantes cenas de aglomeração…

Políticos da PB comentam efeitos da ‘guerra’ entre poderes no Brasil

Em um momento de grandes dificuldades e incertezas, a recente troca de comando no Ministério da Saúde está longe de estancar a crise política que dividiu o país. A disputa…