A Paraíba o tempo todo  |

Romero nega movimento para “descolar” de Bolsonaro: “Especulação de pessoas remuneradas para criar retórica”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O ex-prefeito de Campina Grande e pré-candidato ao Governo do Estado, Romero Rodrigues (PSD), negou que esteja tentando se “descolar” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) – como tem sido especulado nos últimos dias.

“Especulação de pessoas remuneradas para criar retórica”, classificou sobre o assunto.

Após as teses de um possível distanciamento, o jornal O Globo noticiou que Bolsonaro iria lançar a candidatura de Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, ao Governo da Paraíba – em detrimento de Romero.

O ex-prefeito garantiu que essa informação era falsa.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe