De olho nas eleições de 2020, um grupo de partidos aposta na mudança de nome, inclusive com a retirada da palavra “partido” da nomenclatura, para se apresentar como uma nova alternativa e se descolar da atual crise política e se aproximar dos eleitores. Tal iniciativa foi analisada pelo presidente do PSD na Paraíba, o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, que considera essa atitude de algumas siglas como uma tática eleitoral.

“Apesar de nunca ter participado de um partido que mudou de nome, tenho essa impressão. As siglas caducam ao longo dos anos, ficam desgastadas. Quando se mudam o nome é para minimizar ou diminuir esse desgaste causado pelo tempo”, disse Romero.

Partido como o PR (Partido da República voltou à antiga denominação, PL (Partido Liberal). O PRB vai se transformar em Republicanos. Nos últimos dois anos, pelo menos 10 siglas já alteraram ou estudam alterar o nome. A simples mudança de nome, porém, é vista com ceticismo por cientistas políticos, que consideram a estratégia somente uma jogada de marketing. Na avaliação de David Fleischer, Universidade de Brasília (UnB), alterar o nome representa “apenas uma mudança de fachada” e que é preciso haver uma reforma política profunda. Roberto Romano, professor de política e ética da Universidade de Campinas (Unicamp), também considera ser algo pouco eficaz para o eleitor brasileiro.

“Os marqueteiros acham que mudando a sigla ou trocando por uma palavra mais significativa vão atrair a atenção dos eleitores. Mas o eleitor brasileiro foi acostumado, e isso é muito ruim, a não votar tanto em legendas, mas em indivíduos”, pondera. Dessa forma, ele acredita que o nome é “o que menos importa nesse momento de crise”.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Sim, viralizar”, teria dito Bolsonaro ao orientar ataques a deputado; veja prints

Por meio de suas redes sociais o deputado federal Julian Lemos (PSL-PB) que também preside a sigla estadualmente, mostrou prints de conversas em redes sociais onde supostamente o presidente da…

Opinião – Coronavírus: quem usa o sofrimento humano e luto para exploração eleitoral é a escória da raça

Não existe cenário bom em meio a uma pandemia. Em qualquer tempo, em qualquer época, pandemia significa grandes perdas. Sejam elas materiais ou humanas. Tem sido assim ao longo da…