Por pbagora.com.br

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), admitiu em entrevista a rádio Correio FM, a possibilidade de alguns vereadores governistas migrarem para oposição. Romero tem maioria na Casa.

Ele disse que não pretende fazer o debate sobre a possível migração de alguns vereadores.

A declaração de que alguns parlamentares da bancada de Romero estariam insatisfeitos foi feita pelo vereador de oposição, Bruno Faustino (PSB).

– Não vou fazer esse tipo de jogo pela imprensa. Nunca criei dificuldade para conversar com quem quer que seja e vou estar sempre à disposição para conversar com os parlamentares. Até mesmo os de oposição eu não tenho dificuldade. Então não vou fazer esse tipo de mensuração, de saber quem está ou não está satisfeito. Não chegou pra mim essa informação, mas se quem quiser conversar, estamos à disposição – destacou.

O tucano garantiu que no governo municipal há diálogo, e reina a democracia.

– É natural que numa bancada grande como a nossa haja alguma insatisfação, pois não há como atender todos os pedidos. Agora se os vereadores do governo estão se pautando por Bruno, não sei qual a razão. Ou agora ele é líder do governo para saber de alguma eventual insatisfação da nossa bancada? questionou.

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

“Vou estar junto com o governador João Azevêdo”, afirma Adriano sobre 2022

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, afirmou nesta quinta-feira (22) que independente de qualquer cenário político que se vislumbra para às eleições de 2022, a única certeza…

Medicamentos genéricos custam até 65% mais barato em CG

A pesquisa de preço de medicamentos do mês de abril do Procon de Campina Grande constatou que os medicamentos genéricos são 65% mais baratos do que os de referência (marca).…