Por pbagora.com.br

Nos bastidores, ainda não se sabe o nome, mas já se sabe a forma de escolha do novo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba. 

Seguindo a máxima que em time que está ganhando não se mexe, a bancada governista na Casa Epitácio Pessoa deve repetir na posse dos 36 eleitos em 2018, um acordo semelhante ao que foi selado nas escolhas de Adriano Galdino e Gervásio Filho para os dois biênios (2015/16 e 2017/2018) na presidência.

A bancada governista, que à época contava com 21 parlamentares, agora pode chegar ao confortável número de 27. Assim sendo, deverá prevalecer o consenso construído pelos deputados Adriano e Gervásio de garantir revezamento e ampla participação dos parlamentares na mesa diretora.

O mesmo precedente também foi aplicado na Câmara Municipal de João Pessoa, onde o acordo de revezamento estabeleceu o primeiro biênio (2017-2018) para o vereador Marcus Vinícius (PSDB) e o segundo biênio (2019-2020) para o vereador João Corujinha (DC).

A fórmula deu certo. E veio para ficar.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Mais do que normal”, considera Nilvan Ferreira sobre encontro de Cartaxo com Maranhão

Após especulações de que o MDB poderia declinar da candidatura própria em João Pessoa para apoiar o nome da professora Edilma Freire, do PV, devido ao encontro do senador José…

Cícero diz que não teme inelegibilidade: “Tenho a tranquilidade de que serei candidato”

Apesar de ainda apresentar pendências jurídicas junto ao Tribunal de Contas da União, que acabam colocando em xeque a viabilidade do seu nome para encarar a disputa pela prefeitura de…