Por pbagora.com.br

Os eleitores de duas cidades do Rio Grande do Sul voltam às urnas no domingo (26) para escolherem os novos prefeitos e vice-prefeitos de Barros Cassal e Presidente Lucena.

Em ambos os municípios, as eleições realizadas em outubro do ano passado acabaram anuladas pela Justiça Eleitoral após os prefeitos eleitos terem seus registros de candidatura cassados, o que os tornaram inelegíveis.

Nas duas cidades, mais de 50% dos votos válidos foram anulados pela impugnação da candidatura dos eleitos, por isso o Tribunal Regional Eleitoral marcou o novo pleito.

O município gaúcho de Barros Cassal possui 9.169 eleitores, enquanto Presidente Lucena tem apenas 1.894 cidadãos aptos a votar.

O TSE orienta que, no dia da eleição, o eleitor leve o seu título eleitoral ou um documento de identificação com foto (carteira de identidade, de trabalho, de habilitação, passaporte etc).

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos crítica Bolsonaro: “O homem que está no poder, não é o que elegemos”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, usou seu perfil numa rede social para para fazer um desabafo a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na postagem, Julian critica…

Manoel Jr assegura a reitor doação de terreno para construção do IFPB em Pedras de Fogo

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, se reuniu, nessa sexta-feira (15), com o reitor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Nicácio Lopes, para debater os avanços e as…