O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), mandou um recado, em poucas palavras, por meio da imprensa, ao seu correligionário, Manoel Júnior, no início da tarde desta segunda-feira (9).

Coutinho disse que, independente do cargo que ocupe, todo filiado tem de ser partidário.

Para ele, seja vereador, deputado estadual, deputado federal ou prefeito, tem de seguir as orientações do partido.

O recado do prefeito se deveu ao mal-estar gerado entre Manoel Júnior e o vice-presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas.

Rosas questionou posição do parlamentar, que é contrário a uma aliança entre Ricardo e Cássio, em 2010. Por este motivo, o deputado vai acionar o vice-presidente do PSB na Executiva Nacional do partido.

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano defende concurso público para a previdência

Ao analisar a recente decisão do presidente Jair Bolsonaro de contratar militares da reserva para tentar diminuir o ‘apagão’ nos serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Brasil,…

“A cultura política sempre conviveu com a corrupção”, diz especialista

Ao analisar os recentes escândalos de corrupção envolvendo diversos políticos paraibanos, o cientista político e professor doutor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Lúcio Flávio, disse que essas revelações pela…