Por pbagora.com.br

 O racha entre o governador do Estado Ricardo Coutinho (PSB), e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), parece mesmo inevitável. Nos últimos dias, a relação entre socialista e tucano ficou estremecida com declarações provocativas dos dois lados.

Na tarde deste sábado (15) ao participar da festa de aniversário do prefeito de Caiçara Cícero da Eletrolar, Ricardo Coutinho deixou claro que não teme o rompimento, e está pronto para a briga. Diante de alguns aliados girassóis, o governador deu o tom do novo discurso que deve mover as relações entre tucanos e socialistas.

Embora não tenha citado o nome de Cássio, ele deixou transparecer que as críticas tinham como direção o senador tucano. Conforme descreveu o jornalista Rudney Araújo, que acompanhava a festa e gravou o discurso de RC, durante a sua fala o governador chegou a afirmar que na Paraíba tem político que quer ser “deus, prometeu mundos e fundos mas ficou apenas na teoria”.

“Tem político na Paraíba querendo ser deus. Prometeu mundos e fundos e ficou apenas nos beijos e nos abraços” disse.
As declarações de Ricardo Coutinho, tiveram o mesmo dom, dado pelo deputado Tião Gomes que esta semana disse que Cássio “não era deus nem rei na Paraíba”.

Essa semana o governador deu outras declarações fortes deixando claro que o rompimento é questão de tempo.
“O governo tem tempo é pra trabalhar e agir nos mais diferentes espaços, é isso que estou fazendo, ninguém vai me tirar do foco que é servir ao povo da Paraíba atrás de justificativas para isso ou para aquilo. Já tenho 53 anos, sendo mais de 30 corrido nessa historia da política”.

Para Ricardo, as sementes plantadas nesse mandato renderam frutos e, esses frutos começam a incomodar.

“Posso dizer com muita tranquilidade, o governo plantou muita coisa, o governo semeou muita coisa que começa a dar esses frutos e parece que tem gente que está profundamente aperreada, podemos dizer assim, com os frutos que estão nascendo, que é natural”, alfinetou.
Nos bastidores comenta-se que as declarações de Ricardo foi uma reação a críticas feitas ao governo atual pelo senador Cássio ao participar de um evento em Guarabira no Brejo do Estado.

Severino Lopes

PBAgora

Notícias relacionadas

SUSTENTABILIDADE E GARANTIAS SOCIAIS: gestão Cícero inicia preparação de JP para o futuro

O prefeito Cícero Lucena completa 100 dias de gestão neste sábado (10) num processo de reconstituição da cidade de João Pessoa, que enfrenta, assim como todo o mundo, os efeitos…

Opinião: mesmo com negacionismo de Bolsonaro, JP e a PB dão exemplo contra a covid

O poeta russo Vladimirovitch Maiakovski certa vez escreveu: “Não estamos alegres, é certo, mas também por que razão haveríamos de ficar tristes? O mar da história é agitado. As ameaças…