Por pbagora.com.br

O prefeito de João Pessoa e presidente estadual do PSB na Paraíba, Ricardo Coutinho afirmou na tarde desta terça-feira (04) que não irá permitir a liberação dos políticos eleitos pelo partido para deixarem à sigla.

Ricardo disse que não pretende seguir o exemplo do PMDB que já liberou os políticos que estão insatisfeitos com a sigla para deixar o partido

“De jeito nenhum eu vou liberar, não considero normal uma pessoa ser eleita com os votos do partido e depois saírem como se o partido não tivesse contribuído para vitória”, disse.

O presidente ratificou que os candidatos eleitos pelo partido só lograram êxito por causa do partido.

“Não acho correto uma pessoa ser eleita, jurar amor eterno pelo partido, se envolver com o partido e depois que consegue o objetivo deixar a sigla”, acrescentou.

O socialista defende o mandato como sendo do partido e apóia e acrescenta que apóia a lei de fidelidade partidária.
 

 

As declarações do prefeito foram concedidas na tarde desta terça, em entrevista a Rede Paraíba Sat de rádio.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Cida trata saída do PSB e possível ida para o PT como especulação

A deputada estadual Cida Ramos, do PSB, negou que esteja de malas prontas para o PT no intuito de disputar à reeleição para uma cadeira da Assembleia Legislativa da Paraíba…

SUSTENTABILIDADE E GARANTIAS SOCIAIS: gestão Cícero inicia preparação de JP para o futuro

O prefeito Cícero Lucena completa 100 dias de gestão neste sábado (10) num processo de reconstituição da cidade de João Pessoa, que enfrenta, assim como todo o mundo, os efeitos…