É grande a expectativa em torno do julgamento da Aije do Empreender-PB, marcada para o dia 28 próximo no Tribunal Regional Eleitoral, tendo como alvo o governador Ricardo Coutinho, do PSB. Mas em entrevista ontem (24), em entrevista o governador rechaçou a tentativa de criminalização do Empreender/PB. “Essa oposição tenta criar qualquer factoide, para atrapalhar essa curva ascendente de João Azevêdo nas pesquisas e a curva descendente dos outros dois candidatos”, disse RC.

 

Para o governador os oposicionistas ao seu modelo de gestão tentaram desde o inicio criminalizar um programa que é fundamental para a economia paraibana. “Você não pode criminalizar algo que quase não existe no Brasil e essa foi à estratégia que existe dentro de instituições, você percebe dentro do próprio TCE. Você quer coisa mais horrível que um relatório que sai cair logo nas mãos da oposição. Passaram a noite o relatório para o Sistema Correio. E o relatório dizia o que comparando o primeiro semestre  de 2018, houve um aumento de 600%, claramente uma manipulação. Eu estou dizendo que houve uma manipulação. Doutor Fernando Catão, jamais deveria autorizar soltar um relatório daqueles sem antes comunicar ao Estado. Porque não comunicou o Estado. Porque queria só o note, para poder dar sequencia a essa criminalização de um programa tão importante”, disse RC.

 

O Empreender-PB foi um programa criado na gestão de Ricardo com o intuito de facilitar o acesso a recursos por parte de pessoas interessadas em tornar-se pequenos investidores, mas o Ministério Público Eleitoral insinua desvio de finalidade, com utilização eleitoreira, e abriu a possibilidade de ocorrer a cassação do mandato do governador e da sua vice, Lígia Feliciano. No dia do julgamento, a próxima sexta-feira, restarão apenas 94 dias de mandato de Ricardo, que optou por não concorrer ao Senado, como aguardavam seus correligionários, permanecendo até o fim no exercício do Executivo. A sua vice, Lígia Feliciano, do PDT, é candidata à reeleição na chapa encabeçada pelo ex-secretário João Azevêdo, do PSB

 

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Tudo vai depender da situação de cada município”, diz Wilson sobre efeitos das mudanças em 2020

Indicado pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, como o coordenador  no Nordeste  responsável pelas eleições municipais de 2020, o deputado federal paraibano e presidente estadual do PTB Wilson Santiago,…

Em evento com policiais em SP, Jair Bolsonaro é exaltado e Doria, vaiado

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que estão com as relações estremecidas, dividiram nesta sexta-feira, 11, o mesmo palco durante cerimônia de formatura…