Por pbagora.com.br

Em Campina Grande, onde cumpriu agenda administrativa nesta quinta-feira (08), o governador Ricardo Couitnho, do PSB, voltou a questionar a movimentação da base aliada em torno da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa e, dessa vez aproveitou para mandar um recado duro, ao afirmar que não aceitará deivisão na base.

Ele lembrou que quando foi para se elegerem, todos marcharam unidos e é assim que deve permanecer.

– Nós ganhamos em 2015 porque tivemos comando e estratégia. A unidade nos fez crescer, então alguns, agora, querem quebrar. Se todos estão no projeto, se o projeto serviu para eleger toda esta base, como você vota uma emenda constitucional, e não tem o cuidado de ligar para combinar? – relatou o líder socialista.

 E continuou – Cada um tem liberdade de tomar suas atitudes. O que não pode é a gente desrespeitar um ao outro, e aí não pode contar comigo – 

 

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ANÁLISE – Começa o jogo sujo: (ouça) áudios atribuídos à bandidagem sugerem uma armação contra Nilvan Ferreira

Começa o jogo sujo da campanha. Pelo menos ao que tudo indica… A coisa tem contornos de armação contra a pré-candidatura do comunicador Nilvan Ferreira (MDB): A coluna recebeu, nesta…

“Esquerda pode ficar fora do 2º turno em JP” analisa Jackson ao propor aliança inusitada

O Partido dos Trabalhadores (PT), propôs uma aliança inusitada visando as eleições municipais deste ano na Capital paraibana. A sigla no intuito de unir forças de esquerda defendeu marchar junto…