Por pbagora.com.br

Já tratamos neste espaço das estratégias do governador Maranhão em minar as bases, que já não são muitas, do prefeito Ricardo Coutinho. Tendo sucesso, inclusive, dentro do PSB do próprio prefeito e fazendo amigos onde Ricardo cultiva inimigos.

Só que o prefeito da Capital, tão focado que está em estadualizar seu nome, há muito que vem cometendo um erro que pode lhe custar caro lá na frente: ele vem descuidando dos vereadores em João Pessoa.

Rápidas conversas com muitos deles percebe-se que a insatisfação é crescente. Para ganhar terreno Paraíba afora, Ricardo passa a descuidar do próprio quintal. Um movimento natural, como mostra a história, das “civilizações” em expansão.

Não foi assim com a Alemanha de Hitler e com a França de Napoleão, ambos encurralados por descuidarem dos próprios “aliados”?

O caso é tão sério que já é possível ouvir, nos bastidores, da boca de alguns deles que só continuam com Ricardo “por pura falta de opção”. O fosso se acentua ante à ameaça de Maranhão é investir nas lideranças municipais de João Pessoa.

Coisa que não fez ainda. Mas que, se quiser fazer, vai encontrar o campo livre.

Além da questão política, a obsessão de Ricardo por 2010 pode comprometer sua segunda gestão do ponto de vista administrativo. Já se nota que o segundo mandato do Mago não tem a mesma velocidade que o primeiro.

Aliás, este era um dos medos de Ricardo já que é tendência natural dos segundos mandatos a acomodação administrativa.

O prefeito da Capital tem consumido muitas horas em reuniões políticas-eleitorais, em fechamento de alianças e, principalmente, viagens ao interior. Lembrem-se que no primeiro mandato o prefeito gastou mais de R$ 200 mil em diários com viagens ao exterior.

Este ano as únicas cidades “internacionais” que o prefeito tem visitado é a francesa Bayeux e a africana Congo.

Já é hora de acender a luz de alerta no exército dos girassóis. Ninguém conquista o mundo sem mandar em casa.
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy cobra reabertura imediata do Congresso por causa da pandemia

Com o agravamento da pandemia no Brasil e a situação de calamidade em Manaus, o deputado paraibano Ruy Carneiro defendeu a imediata suspensão do recesso parlamentar da Câmara Federal e…

Manoel Jr assegura a reitor doação de terreno para construção do IFPB em Pedras de Fogo

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, se reuniu, nessa sexta-feira (15), com o reitor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Nicácio Lopes, para debater os avanços e as…