As deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra voltaram a ser apontadas pelo líder do Governo João Azevêdo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Barbosa, como as responsáveis por provocar o estopim da crise no âmbito do PSB paraibano.

O deputado ainda alegou que cada um tem consciência do seu papel e que pessoas com o tamanho que as deputadas têm pela história e número de votos delas, os seus pronunciamentos na Casa tem repercussão. “Esse é um problema que só sabe como começa não sabe como termina e quem começou a Paraíba sabe”.

E completou “Há uma crise, não há como se negar, protagonizei falas para que houvesse encontros entre João Azevêdo e Ricardo Coutinho (…) mas está vencido o aconselhamento de buscar diálogo”, ressaltou.

Redação

Total
3
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Audiência proposta por paraibano alerta para privatização de estatais

A Comissão de Legislação Participativa, colegiado presidido pelo petista Leonardo Monteiro (MG), anunciou que fará uma audiência pública para debater as consequências da privatização de 17 empresas estatais, que foi…

2020: deputado aliado de João defende a unificação da oposição em CG

Pré candidato a prefeito de Campina Grande, o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB), defendeu, nesse fim de semana, a unificação da oposição para enfrentar o candidato a ser apresentado pelo…