Por pbagora.com.br

O governador Ricardo Coutinho discutiu a liberação de recursos para a construção de mais nove escolas técnicas no Estado, durante audiência, nessa terça-feira (17), em Brasília, com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Ministério da Educação (MEC), Antônio Correia Neto. Os investimentos para a construção das novas escolas técnicas são na ordem de R$ 96 milhões.

 

O Governo do Estado apresentou junto ao MEC projetos para a construção de escolas técnicas em Campina Grande, Guarabira, Santa Rita, Sousa, Patos, Itaporanga e Princesa Isabel. Durante a audiência, o governador e o superintendente da Suplan, Ricardo Barbosa, também solicitaram ao presidente do FNDE a aprovação de mais dois projetos para a construção das escolas técnicas de Itabaiana e Serra Branca.

 

“Esses são dois municípios polos em suas regiões e que não têm ensino técnico e superior. Por isso, esperamos que seja acatado pelo MEC”, explicou Ricardo Coutinho. O pleito foi recebido por Antônio Correia. Ele recomendou ao Governo do Estado a inclusão das unidades no Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (Sinec).

 

Ricardo ainda apresentou à equipe técnica do FNDE o relatório sobre o andamento das seis escolas técnicas que estão em construção na Paraíba (João

 

Pessoa, Bayeux, Mamanguape, São Bento, Cajazeiras e Cuité) com investimento de quase R$ 50 milhões provenientes da parceria entre o Estado e o

 

Governo Federal. Serão geradas 7,2 mil vagas de ensino técnico até o final de 2014 somente nas unidades em construção.



Redação com Secom

Notícias relacionadas

Condenações de Lula anuladas: “Decisões jurídicas devem ser respeitadas”, diz tucano da PB

Opositores e aliados de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) repercutiram o recente julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal) que confirmou, por 8 votos a 3, a anulação de todas…

Sem unidade, esquerda pode ficar fora do 2º turno em 2022

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, Jackson Macedo, disse em entrevista a imprensa que os partidos do chamado campo democrático podem ficar de fora de um possível…