A Paraíba o tempo todo  |

Reunião é adiada e impasse sobre expediente continua

A decisão sobre a mudança para dois turnos ou não, no expediente dos servidores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), só deverá sair na próxima semana. A decisão foi tomada na manhã desta sexta-feira (8) pelo reitor Rômulo Polari, acatando uma solicitação feita hoje pelos funcionários da instituição.

 

Na manhã de hoje, representantes dos funcionários se reuniram na porta da Reitoria para protestar contra o pedido do Ministério Público para que os servidores da Universidade trabalhem os dois expedientes. Os servidores alegam que a solicitação do MPF fere o próprio estatuto da UFPB.

 

Um café da manhã foi organizado pelos servidores e um microfone ficou à disposição de todos os integrantes da comunidade para que pudessem expressar a indignação com relação à solicitação do MP. Os funcionários consideraram a mobilização uma das maiores já realizadas até hoje pela categoria.

 

A votação do processo sobre o expediente dos funcionários da UFPB ocorrerá na próxima quarta-feira (13), às 9h, durante reunião, oportunidade em que serão empossados os novos servidores integrantes do Conselho Universitário (Consuni).

 

 

Portal Correio

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe