O deputado federal Julian Lemos, do PSL, reagiu a informação de que o ex-senador Ney Suassuna, que essa semana se tornou um dos réus na Operação Lava Jato, tenha sido cotado para assumir a vaga de vice do então candidato Jair Bolsonaro (PSL), nas eleições de 2018.

Segundo ele, o que pode ter ocorrido foi apenas uma gentileza, no máximo. Fora isso, era tudo especulação.

“(Ney) nunca foi sondado para ser vice, especulações no tempo sem fundamento, talvez no máximo uma gentileza, nada mais que isso”, retrucou, em contato com a reportagem do PB Agora

Leia também: Réu na Lava Jato, Ney Suassuna chegou a ser cotado a vice de Bolsonaro, em 2018

Apesar da declaração, em julho do ano passado, Julian posava para foto ao lado do presidente Bolsonaro e do ex-senador Ney Suassuna.

Reportagem que repercutiu no Jornal da Paraíba On line confirma que o presidente em exercício do PSL, à época, Gustavo Bebbiano sondou Ney para o posto de vice, todavia, o ex-senador revelou que seu foco era o Senado.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

”Pensão a ex-governador está perto do fim”, comemora Ruy Carneiro

O deputado federal paraibano Ruy Carneiro comemora a aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da proposta de fim da pensão para ex-governadores. O relatório foi apreciado no final…

Análise: Virgolino levanta suspeita sobre arrombamento de escritório de RC

O deputado estadual Wallber Virgolino sugeriu nesta terça-feira (20/08) que o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) proceda a investigação sobre o arrombamento do escritório do…