O deputado federal Julian Lemos, do PSL, reagiu a informação de que o ex-senador Ney Suassuna, que essa semana se tornou um dos réus na Operação Lava Jato, tenha sido cotado para assumir a vaga de vice do então candidato Jair Bolsonaro (PSL), nas eleições de 2018.

Segundo ele, o que pode ter ocorrido foi apenas uma gentileza, no máximo. Fora isso, era tudo especulação.

“(Ney) nunca foi sondado para ser vice, especulações no tempo sem fundamento, talvez no máximo uma gentileza, nada mais que isso”, retrucou, em contato com a reportagem do PB Agora

Leia também: Réu na Lava Jato, Ney Suassuna chegou a ser cotado a vice de Bolsonaro, em 2018

Apesar da declaração, em julho do ano passado, Julian posava para foto ao lado do presidente Bolsonaro e do ex-senador Ney Suassuna.

Reportagem que repercutiu no Jornal da Paraíba On line confirma que o presidente em exercício do PSL, à época, Gustavo Bebbiano sondou Ney para o posto de vice, todavia, o ex-senador revelou que seu foco era o Senado.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após decidir por liberdade de RC, justiça determina soltura do irmão, Coriolano

Menos de 48h após determinar a manutenção da liberdade do ex-governador Ricardo Coutinho, a justiça, através de decisão da ministra Laurita Vaz, mandou soltar Coriolano Coutinho, irmão do ex-gestor. A…

Defesa de RC ainda não decidiu se recorrerá das medidas cautelares

A decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que, por 4×1, manteve em liberdade o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho lhe impôs medidas cautelares. No entanto, a defesa do ex-gestor…