O colunista da revista Epoca também trouxe os desdobramentos da renúncia do prefeito de Cabedelo Luceninha, ocorrida ontem e que caiu feito uma bomba na política paraibana. No texto, o colunista ainda destaca a análise do senador Cícero Lucena sobre um episódio 

 

Leia a coluna na íntegra:

 

FELIPE PATURY – A política paraibana explodiu com a renúncia do prefeito de Cabedelo, José Maria de Lucena, o Luceninha, do PMDB. Sede do principal porto da Paraíba, Cabedelo é uma das cidades mais ricas do estado.

“Parece um gesto de desespero, um gesto de quem não deve ter tido chance de fazer muita coisa por sua cidade”, afirma o senador Cícero Lucena (PSDB), aliado político de Luceninha.

“Da última vez que estive com ele, há 20 dias, ele estava muito angustiado”, diz Cícero Lucena. “Acho que o motivo é que ele não conseguir fazer o que gostaria. Se o gesto que ele tomou foi por esse motivo, ele pode ter aberto caminho para que outros prefeitos o façam”, diz o senador.



Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente da Aesa descarta volta do racionamento em Campina Grande

Apesar da queda no volume de água no Açude Epitácio Pessoa, localizado na cidade de Boqueirão, o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa),…

Genival Matias reúne prefeitos de sua base em encontro com Veneziano

Na sede do partido Avante em João Pessoa, o vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Genival Matias, reuniu prefeitos de sua base aliada em um encontro com o Senador…