O colunista da revista Epoca também trouxe os desdobramentos da renúncia do prefeito de Cabedelo Luceninha, ocorrida ontem e que caiu feito uma bomba na política paraibana. No texto, o colunista ainda destaca a análise do senador Cícero Lucena sobre um episódio 

 

Leia a coluna na íntegra:

 

FELIPE PATURY – A política paraibana explodiu com a renúncia do prefeito de Cabedelo, José Maria de Lucena, o Luceninha, do PMDB. Sede do principal porto da Paraíba, Cabedelo é uma das cidades mais ricas do estado.

“Parece um gesto de desespero, um gesto de quem não deve ter tido chance de fazer muita coisa por sua cidade”, afirma o senador Cícero Lucena (PSDB), aliado político de Luceninha.

“Da última vez que estive com ele, há 20 dias, ele estava muito angustiado”, diz Cícero Lucena. “Acho que o motivo é que ele não conseguir fazer o que gostaria. Se o gesto que ele tomou foi por esse motivo, ele pode ter aberto caminho para que outros prefeitos o façam”, diz o senador.



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero deixa para agosto decisão sobre escolha do sucessor em Campina Grande

Os pré-candidatos da base aliada do prefeito Romero Rodrigues (PSD) terão que aguardar mais alguns dias para saber quem será o escolhido para disputar a sucessão municipal em Campina Grande.…

Ruy defende trabalho dos educadores físicos e abertura das academias

A retomada das atividades das academias de ginástica, que têm relação direta com a saúde das pessoas deve acontecer imediatamente. Foi o que defendeu Ruy Carneiro durante reunião virtual com…