Relator do Orçamento 2020 aprovado no mês passado na Assembleia legislativa, o deputado estadual Tião Gomes, destacou a importância que os deputados têm na aprovação na criação da Fundação PB Saúde.  Ele lembrou que, das 520 emendas relatadas na LOA 2020, 430 foram oriundas dos parlamentares e a grande maioria delas destinadas à saúde.

“Ao lado da infraestrutura, o setor da saúde foi o mais contemplado com emendas e o importante agora é que, juntamente com o Governo, os deputados possam projetar bem a aplicação desses recursos. O mais importante é isso, é que os deputados acabam contribuindo bem na medida em que demonstraram preocupação com a saúde, algo que ficou provado e comprovado na quantidade de emendas apresentadas e no volume de recursos projetado” afirmou Tião ao destacar também que no começo da semana o presidente da Assembleia, Adriano Galdino, já garantiu que a matéria que propõe a criação da Fundação PB Saúde será prioridade na retomada dos trabalhos.

“Ao aprovar a criação da Fundação, a Assembleia também vai poder dar uma grande contribuição nesse processo de transformação das OSs para uma nova forma de organização”, disse.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do PT-CG diz que partido deve ter candidatura própria

O Partido dos Trabalhadores (PT), deve ter candidatura própria em Campina Grande nas eleições deste ano, e encabeçar uma ampla frente em oposição ao candidato a ser apresentado pelo prefeito…

Jeová deixa a UTI e é transferido para apartamento de hospital em JP

O deputado estadual Jeová Campos foi transferido ainda nessa segunda-feira (27) para um apartamento do Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, para onde foi transferido ontem após se…