Por pbagora.com.br

O deputado federal Julian Lemos, presidente estadual do PSL na Paraíba, elogiou a maneira de como o governador João Azevêdo (Cidadania) vem conduzindo os destinos do estado. “Ele é um homem sério, cordial, respeitador e responsável, muito além do que eu imaginava”, disse o deputado em recente entrevista, comentando também a notícia de que Bolsonaro exigiu a expulsão dele para voltar a filiar-se ao PSL.

O deputado do PSL-PB afirmou que mesmo não fazendo parte da bancada do governador em Brasília, sempre foi procurado por João Azevêdo para tratar de assuntos relevantes para o Estado. “Essa atitude é muito bacana, principalmente para quem faz política. Sempre ajudei a gestão do governador com a liberação de recursos financeiros para a Saúde, segurança Pública e para outras políticas públicas e sempre vou continuar ajudando a Paraíba, pois essa é a minha função como parlamentar eleito pelo povo. Mesmo tendo ajudado a gestão do governador nunca pedi nenhum cargo no governo a ele, mas acredito que se eu pedisse ele não me negaria”, disse destacando ainda que o único empecilho para apoia-lo seria o apoio do governador ao ex-presidente Lula. “Se fosse para o lado do governador com essa conjuntura, iria lhe atrapalhar”, afirmou.

Julian Lemos ao se referenciar a notícia de que Bolsonaro exigiu a expulsão dele para voltar a filiar-se ao PSL: “Bolsonaro saiu do partido e viu a besteira que fez. Agora, quer retornar com um espírito desagregador. Mas ele não tem autonomia para expulsar ninguém. Quem decide é o colegiado. Bolsonaro se apequena quando pede a minha expulsão. Nem pensei que eu tivesse tanta importância para ele, porque faz muito tempo que eu nem penso em Bolsonaro”, disse, comentando também que está no páreo para disputar sua reeleição em 2022. “Eles dizem não sou mais candidato. É mentira. estou legitimado. Sou um cara leve, converso com todo mundo e não mudei meu discurso, cumpri aquilo que prometi.”

Redação

Notícias relacionadas

Opinião: Cuidado! Não há político pior do que o bolsonarista “arrependido”

O próximo ano será de eleições. Eleições extremamente importantes, porque o eleitor vai decidir se quer continuar com esta situação vexatória que o Brasil vive, ou se quer mudança. E…

CPI: ministro ratifica que população acima de 18 anos será vacinada até o fim do ano

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga voltou a reafirmar que até o final deste ano toda a população brasileira acima de 18 anos estará vacinada contra a covid-19. A Fala…