Muito comentada e debatida, seja fora ou dentro do Congresso Federal, a reforma da Previdência vem mexendo com os brasileiros muito antes de ser apreciada pelos deputados e senadores, em Brasília.

Muitos brasileiros afirmam que estão com medo das mudanças e o que elas podem acarretar.

A ansiedade tem feito que muitas pessoas protocolem requerimentos de aposentadoria junto ao INSS para tentar escapar das ainda incertas, futuras regras.

O presidente em exercício, general Mourão, declarou nessa segunda-feira (18) que o governo federal espera que a reforma seja aprovada até o início do segundo semestre.

Os deputados federais paraibanos divergem quanto a aprovação do projeto, tanto que a preço de hoje, se a reforma fosse colocada em votação, três parlamentares seriam contra, três a favor e a outra metade ainda estaria na corda bamba, declarando apoio parcial ou apresentando indefinição.

Confira como os deputados federais paraibanos votariam hoje:

Aguinaldo Ribeiro (PP) – A FAVOR

Efraim Filho (DEM) – A FAVOR

Julian Lemos (PSL) – A FAVOR

Damião Feliciano (PDT) – CONTRA

Frei Anastácio (PT) – CONTRA

Gervásio Maia (PSB) – CONTRA

Edna Henrique (PSDB) APOIO PARCIAL

Pedro Cunha Lima (PSDB) – APOIO PARCIAL

Ruy Carneiro (PSDB) – APOIO PARCIAL

Hugo Motta (PRB) – INDEFINIDO

Wellington Roberto (PR) – INDEFINIDO

Wilson Santiago (PTB) – INDEFINIDO

PB Agora


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy Carneiro cobra fim da mordomia para filhas de ex-deputados

Com indignação, o deputado federal Ruy Carneiro defendeu nesta segunda-feira (20) o fim imediato dos pagamentos de pensões a 194 filhas solteiras de ex-parlamentares e ex-servidores da Câmara dos Deputados,…

Veneziano defende concurso público para a previdência

Ao analisar a recente decisão do presidente Jair Bolsonaro de contratar militares da reserva para tentar diminuir o ‘apagão’ nos serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Brasil,…