O Brasil está bem perto de superar, com um mês de antecedência, a meta estabelecida pelo governo para geração de empregos. Em outubro foram criados 204.804 empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Foram admitidas 1,62 milhão de pessoas enquanto 1,41 milhão perderam o emprego no mês passado.

Os números foram divulgados hoje (19) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, em entrevista coletiva.

De janeiro a outubro, foram abertos 2,4 milhões de postos de trabalho. Com esse resultado, a meta do governo de gerar 2,5 milhões de empregos em 2010, pode ser superada no mês de novembro. Para atingir a meta, faltam cerca de 100 mil vagas.

Mesmo assim, o saldo de outubro foi menor do que o registrado em outubro do ano passado, que apresentou geração líquida de 230 mil empregos formais. Também ficou abaixo dos resultados positivos de setembro (saldo de 246.875 empregos) e de agosto (299.425 empregos) deste ano.

O setor que mais abriu vagas em outubro foi o de serviços (86.207), seguido do comércio (81.347) e da indústria de transformação (46.923).
 

 

Agência Brasil

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após Dra. Paula, mais um oposicionista deve tirar licença na Assembleia

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba deve registrar mais uma alteração, após a o pedido de licença da deputada Dra. Paula (PP). Quem deve afastar-se da Casa…

Julian não assinou lista que alçava filho de Bolsonaro à liderança do PSL

Os áudios polêmicos do deputado federal Julian Lemos e de Jair Bolsonaro, amplamente divulgados na imprensa, além da informação de que o presidente teria uam ‘lista negra’ de traidores e…