Por pbagora.com.br

O governador Ricardo Coutinho (PSB) miminizou, durante entrevista essa semana, o tamanho da oposição que o futuro governador João Azevêdo (PSB), terá que enfrentar, ressaltando que, para seu sucessor, não haverá dificuldades.

Com um legado de oito anos de mandato de altos e baixos, com épocas em que não tinha quase nenhum deputado lhe apoiando na Assembleia Legisativa da Paraíba, hoje Ricardo comemora o saldo positivo da gestão e aprovação de seu governo nesse final de mandato. 

Nesse cenário, João receberá, além de um legado de avanços, uma oposição não tão ferrenha nem tão grande. Segundo o governador, os adversários são do tamanho de Lucélio Cartaxo (PV), irmão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV).

“Eu deixo alguns legados a Paraiba: escolas, estradas, hospitais, indicadores crescentes, auto-estima elevada, entre tantas coisas. Para João Azevedo, além de tudo isso, deixo uma oposição “do tamanho de um Lucélio Cartaxo”, alfinetou Ricardo Coutinho.

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Opinião: o “mimetismo” de Cássio e seu naufrágio político

A natureza é sábia, e aqui me lembro do mimetismo, um mecanismo utilizado por algumas espécies, em que se observa uma espécie imitando outra, sendo essa imitação física ou comportamental.…

Políticos da PB comentam efeitos da ‘guerra’ entre poderes no Brasil

Em um momento de grandes dificuldades e incertezas, a recente troca de comando no Ministério da Saúde está longe de estancar a crise política que dividiu o país. A disputa…