Governador fala de relacionamento após críticas de aliado e avisa: “Não faço a política do tapinha nas costas”

 

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou sobre seu relacionamento com o deputado Luiz Couto (PT) após declarações do parlamentar contra o secretário da Cidadania e Administração Penitenciária Walber Virgolino da Silva Ferreira. 

 

Ricardo disse que nada mudou e que há respeito mútuo entre ele e Couto, além de destacar sua forma de fazer política onde algumas de suas decisões não são agradáveis para alguns e que não faz a política do engana.

“Para mim está tudo normal. Tenho maior respeito por Luiz e a reciproca é verdadeira. Temos respeito mútuo. Luiz sabe o que é melhor para a Paraíba. Ele sabe a minha história, sabe da minha coragem de fazer coisas que não agradam a todos, mas sim a maioria. Não faço a política do tapinha nas costas para enganar. Eu prefiro fazer as mudanças mesmo que as posturas que tomo não sejam agradáveis para alguns, mas para a maioria. Faço pelo melhor para a Paraíba”.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PL de Vené proíbe taxa diferenciada por curso em inscrição para vestibular

Comissão do Senado aprova projeto de Veneziano que proíbe taxa diferenciada por curso, em inscrição para vestibular A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal (CE) aprovou o…

Opinião: RC vê conotação política em escritório arrombado. Acha que há mandantes

Em resposta a questionamentos da coluna, o presidente da Fundação João Mangabeira e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse, na madrugada deste domingo (18), não ter dúvidas de que…