RC desmistifica tese de que não deixa governo para evitar posse de Lígia: “Tenho confiança e admiração por ela”

 

O governador Ricardo Coutinho (PSB) desmistificou, em entrevista em Campina Grande, a tese de que não sairia para disputar o Senado, nas eleições de 2018, para não ter que deixar o governo nas mãos da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT). Coutinho disse que não só não teria problema em passar o bastão para a vice, como nutre também uma admiração e confiança na companheira de chapa.

A resposta aconteceu quando o apresentador do programa A Hora do Povo soltou a pergunta: O senhor entregaria o governo sem problema a Lígia Feliciano se resolver ser candidato ao Senado?

A resposta veio em seguida: “Sem nenhum problema, Lígia é uma companheira, tem feito um trabalho sempre presente, nunca faltou, nunca teve disputas. Porque geralmente nas composições isso acontece em algum momento, mas isso nunca aconteceu com Lígia. Tenho confiança nela, tenho admiração por ela”, disse.
Coutinho explicou que a motivação para permanecer no cargo é outra.

“Quando eu digo que não sairei para disputar o Senado é por outra questão, é porque eu estou apaixonado pelo que eu estou fazendo e porque eu vou inaugurar mais coisas do que já inaugurei. Essa é a lógica”, asseverou.

O governador citou obras em andamento e destacou a adutora transparaíba, que levará água do São Francisco até a última cidade do Curimataú.
“Nós começamos a abrir os envelopes na parte técnica da seleção da empresa que vai fazer a adutora transparaíba. Já compramos os tubos e agora estamos fazendo a licitação dos serviços. Nós vamos levar a água do São Francisco que está lá em Boqueirão até a última cidade do Curimataú, isso com uma adutora nova, com recursos só do Estado. Nós estamos começando isso, nós estamos no nosso melhor momento porque aprendemos a remar contra a correnteza. Tem gente que só rema a favor, contra não. Quando o dilúvio, a turbulência passa você sai muito mais forte e eu acho que meu foco é esse, apresentar a Paraíba dois companheiros ou companheiras que possam juntos, representando todas as regiões, dar à Paraíba a garantia da segurança da continuidade das mudanças que esse estado vem atravessando”, finalizou.

 

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos das Pessoas com Doenças Raras será instalada na CMCG

A Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), aprovou a realização de uma audiência pública de autoria do vereador Olimpio Oliveira, para o próximo dia 25.09 a partir das 10h, no…

Opinião: Ricardo Coutinho não se aproximará de Cartaxo, pois o antagonismo de ideias sepulta relações políticas

E permanece assim: “Que nenhum homem bom deve mentir”. Dessa forma, o filósofo católico Santo Agostinho, em sua obra intitulada “Sobre a Mentira”, asseverou com a mais pura razão o…