Por pbagora.com.br

 Se depender do esforço e do empenho do governador Ricardo Coutinho (PSB), a aliança política selada em 2010 com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), e que o levou ao Palácio da Redenção, será mantida.

Em passagem por Campina Grande, Ricardo Coutinho disse que vai lutar pela manutenção da aliança entre tucanos e socialistas. Enfático, ele assegurou que se depender dele, não haverá rompimento.

“Quero manter a aliança que tenho e quero ampliá-la. Se depender de mim, não tem rompimento com absolutamente ninguém. Agora, efetivamente isso depende também dos outros”.

Apesar do estremecimento na relação entre tucanos e socialistas, agravada nos últimos dias com declarações políticas dos deputados Tião Gomes e Ruy Carneiro, Ricardo disse que acredita que a aliança será preservada.
– Eu estou aonde estive. O governo está aonde esteve. Se alguém sair, é porque quer sair, e não porque o governo não queira próximo a si – acrescentou o governador.

RÔMULO – Numa demonstração de que quer estar próximo do senador Cássio, Ricardo Coutinho garantiu, durante ainda durante a sua passagem por Campina Grande a presença do vice-governador Rômulo Gouveia, presidente estadual do PSD, na chapa majoritária encabeçada pelo socialista nas eleições de outubro.

“Não há nenhuma condição. O que há é a garantia da presença do PSD na chapa majoritária pela importância de Rômulo”, afirmou Ricardo Coutinho, relatando a boa convivência política que mantém com o vice-governador.

Rômulo Gouveia não participou das vistorias feitas pelo governador na manhã desta terça-feira porque chegou nesta madrugada de Brasília onde manteve audiências em ministérios buscando recursos para Paraíba. Ele foi representado na caravana pela deputada estadual Eva Gouveia (PSD).

PBAgora

Notícias relacionadas

“Vou estar junto com o governador João Azevêdo”, afirma Adriano sobre 2022

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, afirmou nesta quinta-feira (22) que independente de qualquer cenário político que se vislumbra para às eleições de 2022, a única certeza…

Mudança no sistema eleitoral deve colocar Ana Cláudia no MDB para disputar vaga na Câmara Federal, em 2022

O Debate no Sistema Eleitoral que exclui partidos pequenos para a disputa de 2022 deve forçar a secretária Ana Cláudia Vital do Rêgo a trocar o Podemos pelo MDB para…