Por pbagora.com.br

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), admitiu em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuã FM, que seria hipócrita em negar o estremecimento na relação entre ele e o governador do Estado, José Maranhão (PMDB).

Segundo o prefeito, não é possível considerar normal que desde o mês de fevereiro, quando José Maranhão assumiu o governo da Paraíba, o PSB tenha virado uma espécie de “inferno”.

“Isto não caiu do céu. Ninguém aqui é criança e não posso esconder que as relações internas estão mudando” disse Ricardo.

Questionado sobre as declarações de José Maranhão, que afirmou na última semana que sem seu apoio no ano de 2004 Ricardo Coutinho não venceria a disputa à prefeitura de João Pessoa, Ricardo Coutinho disse: “Cada um diz o que quer. Agora, resta saber se altera ou não a verdade, pois é evidente que isto que foi dito não possui cabimento”.

“Seria um “autorismo” muito grande alguém se considerar dono de votos, dono de tudo, e resolvesse apoiar um adversário. Hora, cabe na cabeça de alguém isso! Vou abrir mão, pois o outro não tem chance alguma e vou dar a ele a oportunidade”, alfinetou.

Ricardo Coutinho lembrou que foi o deputado mais votado na historia de João Pessoa com 35 mil votos na cidade e 42 mil votos no Estado.

“Eu construí uma relação muito estreita, respeitosa e construtiva com o povo desta região, embora costumo dizer que tenho apenas meu voto”, afirmou.

“Não sou prepotente nem arrogante para dizer que sou dono de voto “aqui ou acolá”, disse”.

PB Agora

Notícias relacionadas

“Há uma escassez de vacinas”, diz secretário, ao revelar motivos por ser contra a compra de doses pelo setor privado

O secretário de Estado da Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, que no último dia 25.03.2021 recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, comentou sobre a polêmica em torno…

Daniella nega alinhamento político com João: “Tenho minhas questões”

A senadora Daniella Ribeiro, do Progressistas, que é cotada com uma das possíveis pré-candidatas a eleição do Governo do Estado, que ocorre ano que vem, deu uma declaração importante sobre…