Por pbagora.com.br

A vereadora oposicionista Raíssa Lacerda (DEM) admitiu nesta quinta-feira (12) que poderá propor à Câmara Municipal de João Pessoa a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar a legalidade do contrato da prefeitura de João Pessoa com a empresa SP Alimentação LTDa, de São Paulo, vencedora de recente licitação para fornecimento de merenda escolar na Capital.

A SP Alimentação está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual em São Paulo que estourou esquemas de fraudes em licitações em 20 municípios paulistas. “É preciso saber porque a prefeitura mantém um contrato com uma empresa cujas referências sinalizam para suspeitas por parte do Ministério Público”, declarou Raíssa.

Em prefeituras no Rio Grande do Sul, o Ministério Público Federal chegou a pedir afastamento de prefeitos em razão de contratos com a SP Alimentação. “A prefeitura tem que dar, ao menos, uma resposta à população porque pretende manter um contrato enquanto todos dizem que há problemas”, declarou.
A Câmara Municipal de João Pessoa inicia as atividades no próximo dia 17. Raíssa declarou que vai discutir a proposta com a bancada de oposição.


PB Agora

Notícias relacionadas

Levantamento do PB Agora contabiliza 10 nomes cotados para disputar única vaga da Paraíba no Senado em 2022

Um levantamento feito pela reportagem do PB Agora contabilizou ao menos dez nomes cotados para ingressar na disputa pela única vaga da Paraíba no Senado Federal nas eleições de 2022.…