A vereadora de João Pessoa Raíssa Lacerda (PSD) que até então integra a base de sustentação do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), estabeleceu prazo para anunciar se vai assinar ou não o requerimento que solicita a instalação da CPI da Lagoa, com vistas a investigar suposto desvio de R$ 6,4 milhões na obra de revitalização do parque, em João Pessoa.

“Até quinta-feira acredito que já tenha uma decisão”, disse ontem. E justificou a demora de posicionar-se: “A documentação (acostada ao requerimento) é muito grande”. Raíssa Lacerda disse ontem que está analisando o documento para decidir se assina ou não – falta apenas uma assinatura.

Em entrevista anteontem (13) a imprensa ela foi taxativa: “Não estou atrás de cargos”, referindo-se ao fato de que não teme represálias da prefeitura. Segundo o líder do prefeito Luciano Cartaxo na Câmara Municipal de João Pessoa, Milanez Neto (PTB) avisou, nesta quarta-feira (13) que não vai conversar ou orientar a vereadora Raíssa Lacerda, do PSD, para não assinar a CPI da Lagoa.

“Não converso com nenhum colega vereador para induzir voto no que diz respeito a CPI. Acho que isso aí parte da consciência de cada um e todos nós temos um entendimento e eu tenho o meu. Vou me manter firme no meu propósito de entender quer essa CPI hoje é inócua na Casa de Napoleão Laureano, porque as autoridades competentes já estão investigando”, disse.

Já o líder da oposição na Casa, vereadora Bruno Farias (PPS), disse, durante entrevista nesta anteontem (13), que está em ‘compasso de espera’, na expectativa de saber qual será a definição da vereadora Raíssa Lacerda (PSD).

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Fico com os dois”, diz Jeová Campos ao driblar preferências sobre crise no PSB

A crise interna do PSB paraibano vem dividindo os filiados por todo o estado. Muitos já se posicionaram favoráveis ao governador João Azevêdo (PSB) e outros ao ex-governador Ricardo Coutinho…

Vereadora da capital é ameaçada de morte pelas redes sociais e Câmara vai acionar PF

As redes sociais são espaços valiosos para difundir propostas e ideias, mas também do lado negativo, também reflete opiniões raivosas. É nesse último caso o que ocorreu nesta terça-feira (17),…