Pelo visto o prefeito Luciano Cartaxo (PV) enfrentará muitas dificuldades em lançar uma candidatura encabeçada pelo PV em João Pessoa e um dos ‘obstáculos’ pode vir de dentro da própria gestão.

É que o vice-prefeito, Manoel Júnior, do Solidariedade, confirmou nesta quinta-feira (03) que a sigla, da qual é presidente, não deve abrir mão tão fácil de lançar candidatura para a PMJP, tendo inclusive anunciado que irá abrir o diálogo com os aliados para estudar a possibilidade, já que, segundo ele política não se faz sozinho.

“Nós temos que ter um perfil de um candidato estabelecido em pesquisas qualitativas, e também, obviamente, que tenha o apoio de todo o grupo. Ninguém faz política sozinho. O solidariedade não quer fazer política sozinho, acredito que outras legendas a exemplo do PSDB, o PV, até porque quem pensa que faz política sozinho termina se isolando”, pontuou.

Não é de hoje que Manoel Júnior busca ser o legítimo detentor da cadeira de prefeito da Capital paraibana e pelo visto o nome do SD deve ser o dele, conforme declarações recentes do próprio vice-prefeito.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro precisa fazer eletrocardiograma todo dia por uso da cloroquina

Apesar de garantir que está “perfeitamente bem” no tratamento contra a covid-19, por tomar doses de hidroxicloroquina, o presidente Jair Bolsonaro precisa de avaliações cardiológicas devido ao uso do medicamento.…

Opinião: Cícero, a pré-candidatura e a antecipação de propostas de gestão para o novo normal

De direito, Cícero Lucena (Progressitas) é pré-candidato à sucessão de Luciano Cartaxo na Prefeitura de João Pessoa. De fato, é candidatíssimo, além de páreo duro para qualquer um. O “Caboclinho”…