O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, declarou durante entrevista a uma emissora de rádio paraibana que ainda não definiu para qual partido ao qual deverá se filiar após a saída do governador João Azevêdo do PSB.

Geraldo declarou que se sente à vontade de fazer a mudança, já que, de acordo com o seu pensamento quem exerce um caso de confiança ou acompanha a decisão do governador ou então sai da gestão,

“Eu me sinto à vontade, porque eu acho que quem exerce um cargo de confiança tem duas alternativas. Ou acompanha o governador ou pede para sair. Eu tenho predileção por um partido que promova melhor a igualdade social no país, mas não tenho nada definido ainda” declarou.

O secretário já admitiu a possibilidade de disputar a Prefeitura de Campina Grande, com isso as articulações em torno da sua nova legenda, deverá partir de uma conversa com João Azevêdo na possível busca da união e apoio do governo para o pleito na Rainha da Borborema.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mudanças de partidos modificam mapa geopolítico na Paraíba

Os prazos finais para as mudanças de partido, as chamadas janelas partidárias, para os candidatos as eleições deste ano, foram encerrados na última sexta-feira, visto que mesmo com a pandemia…

Sob o comando de Pedro Cunha Lima, PSDB fica sem representante na Câmara Municipal de Campina Grande

O presidente do PSDB paraibano, deputado federal Pedro Cunha Lima que também é filho do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), parece não ter o mesmo poder de persuasão do pai…