Quatro vereadores se articulam para desembarcar no Solidariedade e sigla pode ter a maior bancada na CMJP

 

Depois do PROS conseguir fazer a maior bancada na Câmara Municipal de Campina Grande, com seis vereadores, agora outra legenda recém-criada também pode repetir a proeza no legislativo da Capital da Paraíba, só que dessa vez a bola da vez é o Solidariedade.

Informações repassadas à reportagem do PB Agora na manhã desta sexta-feira (04) dão conta que quatro vereadores da Capital se articularam, em reunião na noite de ontem, e deve desembarcar, nas próximas horas no Partido da Solidariedade, capitaneado na Paraíba pelo deputado federal Benjamin Maranhão, são eles: Marmuthe Cavalcante (vindo do PT do B), João Almeida (vindo do PMDB), Professor Gabriel (vindo do PDT) e ainda Felipe Leitão (vindo do PP).

Caso a articulação se concretize, o PP, que tinha a maior bancada, com Durval Ferreira, Elton Renê e Chico do Sindicato, passa para o posto de partido com o segundo maior número de vereadores.

Muitas são as justificativas para as mudanças partidárias, uns alegam sobrevivência política, outros falta de espaço nas atuais legendas.
Com a saída do vereador Marmuthe Cavalcante, o PT do B em João Pessoa fica com a presidência acéfala, já que o parlamentar comandava as rédeas da legenda na Capital.

Outra reviravolta que pode ser concretizada até este sábado, é a mudança de partido do vereador Raoni Mendes, do PDT. Ele se agarrava na possibilidade de o Rede, de Marina Silva, ser aprovado, mas como a legenda não vingou, o pedetista pode ver no PROS, ou até mesmo no Solidariedade, a única alternativa para disputar o pleito do ano que vem e não correr o risco de perder o mandato na CMJP por infidelidade partidária.

 

Henrique Lima/ Márcia Dias

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro comenta postagem sobre esposa do presidente da França e é criticado

Jair Bolsonaro fez piada nas redes sociais com o fato da esposa do presidente francês, Emmanuel Macron, Brigitte, ser 24 anos mais velha que ele. No Facebook, um seguidor postou…

Trabalho infantil atinge 60 mil jovens na Paraíba, aponta pesquisa

  O problema do trabalho infantil na Paraíba atinge atualmente, 60 mil crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos que realizam algum tipo de trabalho. O número…