Pelo menos quatro vereadores da Câmara Municipal de João Pessoa foram alvos, nos últimos meses, de golpes praticados através da rede social WhatsAPP. 

Depois dos vereadores Milanez Neto (PTB), Eliza Virgínia (PP) e Helena Holanda (PP), agora foi a vez do vereador Léo Bezerra, do PSB, ser alvo da bandidagem.

O caso do socialista se assemelha ao sofrido pelo vereador Milanez Neto. Ambos tiveram os nomes relacionados a supostas vendas de veículos. Mas com o Léo, a ousadia dos criminosos foi mais além. É que os bandidos também estão fazendo postagens em outras redes sociais divulgando um número do whatsapp como sendo do vereador  para negociar a venda de carros.

O próprio vereador tem utilizado suas redes sociais para desmentir a ‘propaganda’ e alertar os conhecidos, amigos e familiares para não caírem em armadilhas. Ele adiantou que já realizou três Boletins de Ocorrência e tomando providências para evitar danos a terceiros.

“Fizemos mais de três Boletins de Ocorrência na delegacia, estamos pedindo ajuda ao delegado João Ricardo, que já está tomando as providências, porque infelizmente, mesmo colocando nas redes sociais, as pessoas continuam caindo no golpe”, relatou Leo Bezerra.

""

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…

RC denuncia que Bolsonaro parou bombeamento na Transposição e tacha presidente de mentiroso

Em entrevista concedida nesta sexta-feira (23) à emissora de rádio no Cariri paraibano, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) denunciou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) parou o bombeamento…