Aliado do governador João Azevedo (PSB), e em seu segundo mandato, o deputado estadual Jeová Campos (PSB), ameaçou abandonar a vida Püblica por conta da corrupção.

"As negociatas, o vale-tudo e a forma de se fazer política na Paraíba”. Estas foram as considerações feitas pelo deputado estadual Jeová Campos.

Jeova garantiu que não vai mais disputar um mandato eletivo e deixar o cenário político paraibano.

Ele anunciou que pretende voltar à sala de aula e fazer um doutorado, algo que queria há um tempo, mas não tinha como conciliar as atividades parlamentares com a acadêmica.

“A forma de fazer política, os custos de uma campanha e o vale tudo nas eleições. Infelizmente, isto está desmotivando a quem tem caráter e a quem tem seriedade. Você faz um mandato propositivo, afirmativo, reconhecido, mas quando chega a eleição, a hora do voto, você tem que se rebaixar ao nível das negociatas das eleições, se quiser ter os apoios. Isso entristece qualquer pessoa de consciência cidadão, o que me leva a decidir por não mais querer disputar um novo mandato eletivo”.

O deputado afirmou ainda que só irá cumprir o atual mandato, que se encerrará em janeiro de 2022, em respeito aos seu eleitores.

“Vou continuar com muita firmeza, defendendo as causas dos mais humildes, mas não pretendo mais voltar à Assembleia. Essa é uma posição minha. Sou criticado pelos mais próximos, que são de opinião que não devo dizer isso, mas eu digo. Não disputarei mais mandato”, afirmou o socialista.

 

PBAgora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC cobra investigação para arrombamento de escritório em JP

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), presidente da Fundação João Mangabeira, está cobrando investigação para apurar o arrombamento de seu escritório, em João Pessoa, ocorrido na noite de ontem,…

Opinião: Ricardo Coutinho não tem dúvidas: arrombamento do seu escritório tem conotação política. Acha que há mandantes

Em resposta a questionamentos da coluna, o presidente da Fundação João Mangabeira e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse, na madrugada deste domingo (18), não ter dúvidas de que…