PT assume os riscos, se antecipa ao blocão e lança pela primeira vez uma mulher para a disputa majoritária

Sem mistério. O Partido dos Trabalhadores confirmou o que as especulações de bastidores já davam como certa – a indicação da advogada Nadja Palitot para disputar o Governo do Estado pela sigla nas eleições do próximo ano.

O anúncio foi antecipado pelo irmão do prefeito Luciano Cartaxo, o presidente do PT, Lucélio Cartaxo, no início da tarde de hoje, terça-feira (10), minutos antes da coletiva de imprensa no Hotel Xênius, em contato com os jornalistas. 

“É uma companheira, já foi vereadora, deputada, e vamos apostar que ela possa representar o nosso partido, o blocão e não seria interessante entrar em 2014 sem lançar um nome, por isso resolvemos aglutinar as forças e apostar no nome de Nadja Palitot”, declarou Lucélio, asseverando que a escolha é ‘prego batido e ponta virada’.

Nadja é ex-vereadora e atualmente é chefe do Procon de João Pessoa, na gestão do Governo Luciano Cartaxo (PT). A petista, à época em que era filiada ao PSB chegou também a exercer a titularidade na ALPB, para suprir a licença de um deputado à época.

De acordo com fontes do PT, a advogada resistiu no inicio quando teve seu nome cogitado, mas acabou cedendo aos apelos da direção do partido e aceitou o desafio.

Apesar do anúncio, o PT, que integra o blocão, não teria o aval das demais legendas. Assim como o PT nacional, a Paraíba também lança uma mulher na disputa ao Governo em 2014. No caso da Paraíba, essa é a primeira vez que o partido lança uma mulher para disputar o posto.

Em entrevista, Nadja comentou a indicação. “Não poderia fazer essa abertura sem agradecer primeiramente a Deus. Venho abrir meu coração e minha mente, me energizar a essas forças genuinamente petista a qual faço parte. Quero agradecer a Deus que só ele pode colocar a gente nessa situação. Só ele é capaz de nos tirar da invisibilidade, lá do último lugar para colocar aqui”, pontuou.

Sobre as críticas internas do partido de forma indireta, explicando que a sua candidatura não representa apenas um grupo, Nadja disparou.

“Não é uma candidatura de um grupo ou de uma pessoa, mas de um partido unificado. Queremos ser um amálgama, um imã, capaz de levar esse partido unido a uma disputa ao governo estadual. É uma candidatura para valer. É uma candidatura do PT e não poderia ser diferente”.

Márcia Dias

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João realiza visitas técnicas e anuncia investimentos em Alhandra

O governador João Azevêdo realizou, neste sábado (19), visitas técnicas às obras de construção de uma unidade escolar e do Centro de Distribuição do Magazine Luiza, no município de Alhandra.…

Jackson Macêdo é reeleito presidente estadual do PT da PB

A etapa estadual do 7º Congresso Nacional do PT – Lula Livre, definiu novas diretrizes as lutas políticas do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB). O encontro aconteceu neste sábado…