Por pbagora.com.br

O presidente do PT na cidade de Cabedelo, Alessandro Batista, revelou na manhã de hoje que o partido identificou novas falhas na resolução do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba que definiu a nova data para a realização das eleições suplementares par escolha de prefeito e vice daquele município.

Alessandro informou que o partido se reuniu e encontrou duas incongruências na nova resolução e vai apresentar ao TRE-PB mais um pedido para que as eleições sigam o que determina a Lei 64/1990, que rege a realização de eleições no país inteiro.

O petista revelou que caso a Justiça Eleitoral da Paraíba não promova as alterações que serão solicitadas, o PT poderá ir mais uma vez ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedir providências. Foi o PT que recorreu ao TSE e conseguiu uma liminar suspendendo a realização das eleições suplementares que estavam previstas para o dia 9 de dezembro. O TSE definiu em nova resolução, marcar o pleito para o dia 17 de março.

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Notícias relacionadas

Daniella quer celeridade em PL que inclui grávidas como prioridade na vacinação

A iniciativa da senadora considerou alerta de médicos sobre riscos a esse público Durante a sessão remota desta quinta-feira (15), no Senado Federal, a senadora Daniella Ribeiro (Progressistas/PB) voltou a…

“Temos convicção de que as medidas necessárias serão tomadas” diz Aguinaldo sobre vacinação em JP

O deputado federal e líder da Maioria no Congresso, Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) participou nessa quarta-feira (14), em Brasília, de reunião com o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas) e…