Por pbagora.com.br

O PT estadual, liderado pelo seu presidente Charliton Machado realizou uma reunião nesta sexta-feira (18) para decidir os rumos da sigla após desfiliação do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo que agora é filiado ao PSD.

 

O evento contou com muitos filiados e resolveram de forma unanime tomar algumas decisões, uma delas, foi de solicitar aos seus filiados que possuem cargos na gestão municipal que deixem suas pastas o mais rápido possível.

 

Confira a nota oficial do PT:

 

 A Comissão Executiva Estadual do PT – PB, reunida em 18 de setembro de 2015, em total sintonia com a Direção Nacional do Partido, em virtude da decisão política do Senhor Prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo Pires de Sá, em se desvincular dos quadros do PT, considerando:

 

a) A surpresa com que o partido foi tomado pelo ato de tamanha importância, agravando-se por sua escolha por um partido conservador, cuja política nega todo o seu discurso anterior;

 

b) O que representou a eleição de um Prefeito do PT em João Pessoa nos 35 anos de nossa história;

 

c) Que a vitória do projeto petista buscou o protagonismo político e a construção de uma cidade democrática, participativa e menos desigual. Não haveria candidatura, nem mandato de Luciano Cartaxo, não fosse o PT e a sua militância;

 

d) Que a grande maioria das políticas implementadas pelo Governo de João Pessoa são programas executados com recursos do Governo da presidenta Dilma – PT, a exemplo do Minha Casa Minha Vida, os CREIs do Projeto Brasil Carinhoso, as UPAS, a Urbanização da Lagoa, as Escolas de Tempo Integral, etc.

 

Resolve aprovar por UNANIMIDADE:

1 – Destacar a importância da unidade do movimento popular e de esquerda em apoio à continuidade do mandato da presidente Dilma, da defesa dos direitos da classe trabalhadora da democracia e da soberania nacional.

 

2 – Conclamar a militância petista a empreender um esforço coletivo no sentido de fortalecer o PT a partir de um grande movimento de reorganização partidária que priorize o debate politico ideológico, a valorização de suas instâncias e que qualifique nossas relações com base no programa partidário.

 

3 – Continuar acreditando em um modelo de relacionamento e organização politica com base no debate de ideias e convicções. Desta forma, DELIBERAMOS que todos os filiados e filiadas que estão compondo o Governo Municipal de João Pessoa entreguem seus cargos ao atual gestor;

 

4 – Não nos furtaremos a enfrentar o atual cenário, construindo diálogos e debates políticos com os partidos progressistas e do campo democrático e popular, buscando prosseguir nossa caminhada em coerência com nossas ideias e propostas do PT, iniciando no processo eleitoral de 2016.

 

5 – Por fim, conclamamos a Direção Municipal de Joao Pessoa que imediatamente convoque uma ampla plenária de avaliação da nova conjuntura avaliando e decidindo os rumos do PT em nossa cidade em sintonia com as deliberações das instancias superiores.

 

 

Redação com Ascom

Notícias relacionadas

Adversários em 2020, Ruy vê com naturalidade chegada de Nilvan ao PSDB

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) vê com bons olhos a chegada de Nilvan Ferreira (MDB) ao ninho tucano na Paraíba. A notícia da possível filiação do comunicador à legenda…

Após convite de Pedro para ir para o PSDB, Nilvan sentencia: “Vou analisar”

Nesta quinta-feira (06), o comunicador Nilvan Ferreira (MDB), que ficou em 2º lugar nas eleições municipais de 2020 para a Prefeitura de João Pessoa, confirmou durante entrevista ao sistema Arapuan…