A Paraíba o tempo todo  |

PSOL quer suspensão de sessões fantasmas

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) vai apresentar uma questão de ordem na Mesa do Senado declarando inválido o acordo de líderes que permitiu a realização de duas sessões fantasmas na Casa.

Segundo Randolfe Rodrigues, a liderança do PSol não foi consultada sobre o acordo que manteve a contagem de presença de 68 senadores em plenário, ontem e na sexta-feira, sem que os senadores de fato estivessem em Berasília.

Como no Regimento do Senado não há previsão para este tipo de manobra, ela só é válida se aprovada por um acordo unânime dos líderes.

A contagem das duas sessões fantasmas como sessões normais é fundamental para a votação hoje do projeto que prorroga as chamads DRUs (Desvinculações de Receitas da União).

Se reclamação de Randolfe conseguir derrubar as sessões fantasmas, a DRU não poderá ser votada hoje. O senador já consegui, no início do mês, atrasar em uma semana a votação do Código Florestal também com uma questão de ordem contra o não cumprimento do Regimento.

Poder Online revelou ontem a manobra, exposta em vídeo de uma questão de ordem sobre o tema levantada pelo senador Mozarildo Cavalcante (PTB-RR) na sexta-feira. Reveja o vídeo:

 

 

IG

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe