Por pbagora.com.br

O presidente do PSOL, Fabiano Galdino comentou nesta terça-feira (24) a decisão do vereador Renato Martins (PSB) que volta a integrar a bancada de oposição ao prefeito Luciano Cartaxo (PT) na Câmara de João Pessoa.

 

Apesar de Renato deixar claro que sua decisão de ir para a bancada governista foi motivada pela aliança do PSB com o PT nas eleições de 2014, e que o rompimento foi ocasionado por não concordar com a gestão diante de problemas nos serviços prestados à população, o presidente do PSOL discorda dessa justificativa e acusa o governador Ricardo Coutinho (PSB) de promover o racha. 

 

Confira a nota:

Ao comentar o rompimento do vereador Renato Martins (PSB) com o prefeito Luciano Cartaxo (PT) anunciando nesta terça-feira (24), o presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, opinou que a decisão se trata de uma articulação já esperada, mas discordou da motivação do vereador. “Não nos parece que as razões desse rompimento de Martins com a gestão petista tenha relação com a situação dos serviços públicos prestados pela prefeitura de João Pessoa. Tudo parece indicar que o vereador está a serviço dos interesses do PSB e do governador”, disparou Galdino.

 

O dirigente do PSOL desconfia se realmente o vereador do PSB está preocupado com a precariedade no “conjunto dos serviços públicos” da prefeitura e insinua que os olhos críticos do vereador não podem ter sido ativados de uma forma mágica. “Embora as críticas do vereador representem uma realidade, isso não significa que a situação da qualidade dos serviços seja fato novo, que tenha surgido do dia para a noite aos olhos do vereador Renato Martins”.

 

Galdino reafirmou que seu partido não se alia ao prefeito nem ao governo estadual. “Ao PSOL pouco importa se esse rompimento serve aos interesses do governador Ricardo Coutinho, porque o fato é que eles não estão preocupados com a situação dos cidadãos de João Pessoa, especialmente daqueles mais vulneráveis e dependentes diretos dos serviços públicos. PT e PSB se merecem”, ironizou.

 

Redação com Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Leis da ALPB asseguram direitos a paraibanos em prestação de serviços

Quem ficou sem renda, durante a pandemia, sentiu na pele a angústia de ver os boletos chegarem e não ter como arcar com os pagamentos. Já imaginou o desespero de…

Análise – Prefeito de Pombal agiu exemplarmente. Errados estão os que negam a ciência e a vacina

Nos últimos dois dias, a hipocrisia pautou uma discussão idiota estimulada por uma onda odienta contra o prefeito da maravilhosa cidade de Pombal, Abmael de Sousa Lacerda, o Doutor Verissinho…