Apesar de ter eleito apenas um deputado, o PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, deve ampliar sua bancada na Câmara Federal assim que o mandato, propriamente dito, começar, no início de 2019. Pelo menos é essa a projeção do deputado federal eleito, Julian Lemos, que, durante entrevista nesta segunda-feira (29), revelou que já tem conversado com quatro deputados adversários do governador Ricardo Coutinho (PSB), na Paraíba, todos do PSDB.

Os tucanos prestaram apoio de forma discreta a Bolsonaro, são eles: Pedro Cunha Lima (PSDB), Ruy Carneir (PSDB) e Edna Henriques (PSDB).

Apesar do diálogo iniciado, não houve ainda, conforme Lemos, nenhuma tratativa política.

“Conversarei com qualquer pessoa que não esteja unicamente pensando em manter um projeto pessoal e não de estado ou de país. Não iremos fazer nenhum tipo de acordo dos quais muitos estão acostumados fazer. Estamos abertos a conversar com qualquer pessoa que não esteja unicamente interessado em manter um projeto pessoal, mas preocupado com a Paraíba e com o Brasil", adiantou.

Indagado quem seria o quarto deputado que estava conversando, Lemos disse que não lembrava, mas que já haviam conversas em prol do Brasil, sem conchavos.

 

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy pondera sobre vice: “No momento certo vamos ter novidades”

Com pré-candidatura à prefeitura de João Pessoa consolidada e programa de governo concluído, o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) agora articula com suas bases a escolha do nome que irá…

Ministério Público investiga possível propaganda eleitoral antecipada, em Pombal

O Ministério Público Eleitoral (MPE) na Paraíba instaurou uma Notícia de Fato Eleitoral para investigar os fatos de propaganda eleitoral antecipada e de conduta vedada de distribuição de bens por…