Por pbagora.com.br

Dissidentes do PSB paraibano não temem infidelidade e decidem aguardar manifestações da justiça

Após pedir desfiliação do PSB e ingressar no PSC (Partido Social Cristão) os ex-integrantes da bancada socialista na Assembléia Legislativa decidiram aguardar o desenrolar judicial antes de tomar alguma atitude contra a lei que tange sobre a infidelidade partidária.

O deputado estadual Carlos Batinga, por exemplo, disse na tarde desta segunda-feira (05) que não pretende entrar na justiça para pedir justa causa pela sua desfiliação do partido.

Já o deputado Leonardo Gadelha, que também deixou o PSB para aderir ao PSC, acredita que a justiça eleitoral compreenderá os dissidentes sobre os reais motivos da decisão de uma desfiliação em massa.

Na contramão do entendimento dos colegas sofre o deputado Guilherme Almeida que teve que ingressar com uma nova ação no Tribunal Regional Eleitoral solicitando justa causa para a desfiliação na sigla. O caso do ex-socialista diverge dos demais colegas porque a justiça eleitoral já negou, em um primeiro entendimento, a desfiliação de Almeida por justa causa.

Os deputados acreditam que o fato de ter sido realizada uma desfiliação coletiva, em que todos os deputados da base socialista efetivaram a desfiliação, o TSE abrirá uma exceção e compreenderá a decisão.

Apesar da tranqüilidade dos cristão, o PSB já anunciou que vai tentar na Justiça Eleitoral para reaver os mandatos dos deputados federais Marcondes Gadelha e Manoel Júnior e dos estaduais Guilherme Almeida, Leonardo Gadelha, Carlos Batinga, Expedito Pereira e Nadja Palitot visto que todos incorreram na lei da infidelidade partidária

 

 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Prefeito do PSDB declara apoio à reeleição do governador João Azevêdo

O prefeito de Marizópolis, Luquinha do Brasil (PSDB), declarou, em encontro realizado ontem com o governador João Azevêdo (Cidadania), adesão à sua base de sustentação e apoio à reeleição em…

Comissão de Orçamento da CMJP é a favor da abertura de crédito no IPM

A Comissão de Finanças, Orçamento, Obras e Administração Pública (CFO) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) se reuniu na manhã desta quarta-feira (12) e aprovou parecer favorável à abertura…