O PSB dinamitou a aliança com Dilma Rousseff há tempos, Roberto Amaral já entregou os cargos em conselhos de administração do BNDES e Itaipu, mas ainda há indicados do partido no governo. É uma turma ruim de largar o osso – e o contracheque. Tome nota:

– Humberto Vianna, secretario nacional de Defesa Civil e ex-secretario executivo da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco.

– Jenner Guimarães do Rego, secretário de Fundos Regionais e Incentivos Fiscais, ex-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

– José Augusto Nunes, diretor-técnico da Codevasf.

– Emanuel Lima, superintendente da Codevasf em Juazeiro, indicado pela senadora Lídice da Mata.

– Marcelo Dourado, presidente da Sudeco, indicado por Rodrigo Rollemberg, senador do PSB.

– João Bosco de Oliveira, presidente da Chesf.

– Marcos Arraes de Alencar, presidente da Hemobras e tio de Eduardo Campos.
 

PB Agora com VEJA/Lauro Jardim

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Haddad defende realinhamento entre João Azevêdo e RC

O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à presidência da República Fernando Haddad (PT) defendeu, em entrevista concedida à emissora de rádio em João Pessoa, que a paz volte a…

Contribuição de Ruy ao Médicos pelo Brasil é abordado no Correio Braziliense

Em artigo publicado no jornal Correio Braziliense, o deputado federal paraibano Ruy Carneiro – que foi presidente da Comissão de criação do programa Médicos pelo Brasil -, fez um balanço…