O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) decidiu, na última semana, após reunião entre o deputado estadual Eduardo Carneiro, as executivas municipal, estadual e nacional sair da base do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e entregar todos os cargos que ocupa na gestão municipal.

Em nota o PRTB alertou que a decisão tem caráter definitivo e irreversível e levou em conta, “além dos indícios de corrupção apontados pelo Ministério Público envolvendo a gestão, a evidente dificuldade do prefeito de formular políticas públicas nas áreas da saúde, social e econômica capazes de conter a crise instalada pela pandemia do coronavírus e restaurar a confiança dos pessoenses no futuro”.

Em outro trecho o partido diz ainda que “cobrará de forma firme e altiva o reconhecimento por parte do prefeito de todos os recursos e equipamentos disponibilizados para o combate à Covid-19 repassados constantemente pelo governo do presidente Bolsonaro e Hamilton Mourão. Por fim, a legenda também cobra a devida prestação de contas dos gastos de todos os recursos financeiros aportados pelo governo federal na cidade”.

O PRTB destacou ainda que “trilhará o caminho da oposição responsável, sem se negar ao verdadeiro diálogo visando a melhoria de vida de todos os pessoenses” concluiu a nota assinada pelo presidente estadual Fábio Carneiro e pelo presidente municipal da sigla em João Pessoa, João Eduardo.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Almeida anuncia coordenadores de campanha à PMJP ainda este mês

Pré-candidato do Solidariedade a prefeito de João Pessoa, João Almeida avisou, neste início de semana, que não trabalha com outra hipótese que não seja disputar a majoritária na disputa pela…

Ruy pondera sobre vice: “No momento certo vamos ter novidades”

Com pré-candidatura à prefeitura de João Pessoa consolidada e programa de governo concluído, o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) agora articula com suas bases a escolha do nome que irá…