Por pbagora.com.br

A cúpula nacional do partido Progressista avalia que não é o momento oportuno para o deputado paraibano Aguinaldo Ribeiro disputar a presidência da Câmara Federal – eleição dia 1º de fevereiro próximo. A informação foi divulgada pelo jornal Valor Econômico (SP).

Segundo a publicação, a intenção partidária é viabilizar a indicação de Aguinaldo para que ele volte a ser ministro de Estado, cargo que exerceu no Governo Dilma Rousseff (Pasta das Cidades).

Para a direção do PP o preferido é Artur Lira.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça decreta bloqueio de bens de ex-presidente da Câmara de Cabedelo

A 4ª Vara Mista de Cabedelo deferiu a liminar requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e decretou a indisponibilidade dos bens até o limite de aproximadamente R$ 801 mil…

Ruy cobra reabertura imediata do Congresso por causa da pandemia

Com o agravamento da pandemia no Brasil e a situação de calamidade em Manaus, o deputado paraibano Ruy Carneiro defendeu a imediata suspensão do recesso parlamentar da Câmara Federal e…